Assentados maranhenses receberão créditos para investimento na produção

Uma equipe da Superintendência Regional do Incra-MA visitou, nesta segunda-feira (24) o Projeto de Assentamento Casulo (PCA) Avarandado, no município de São Domingos do Maranhão, na região central do estado. Lá as famílias produzem produtos agrícolas e agora desejam investir na pecuária, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e também grupos de mulheres querem aprimorar seus artesanatos com o crédito Apoio Mulher.

O assentamento possui água, energia elétrica, casas, estrada, escola e dois açudes. Com o rendimento do Crédito Instalação (Apoio e Aquisição de Materiais de Construção) que receberam construíram um centro comunitário e instalaram caixas d’agua em todas as residências.

Durante a visita, a equipe aprovou a formação do assentamento, o modo como foram construídas e distribuídas as casas e como as famílias assentadas estão organizadas para receberem outras políticas públicas do Governo Federal.” Os assentados já estão incluídos na programação do Incra-MA para terem suas casas reformadas pelo Programa Minha Casa Minha Vida”, informou o superintendente regional do Incra-MA, José Inácio Rodrigues, que comandava a equipe de visitantes.

Pronaf
As 73 famílias do assentamento produzem milho, arroz, feijão, amendoim, melancia, abóbora, entre outros produtos, que servem para o consumo dos assentados e para comercialização no próprio município. Segundo o presidente da Associação do Assentamento, José Lopes Sampaio (Seu Lilá), a intenção agora é investir na pecuária. “Por isso estamos querendo acessar o crédito Pronaf”, afirmou.

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) financia projetos individuais ou coletivos, que gerem renda aos agricultores familiares e assentados da reforma agrária. O programa possui as mais baixas taxas de juros dos financiamentos rurais, além das menores taxas de inadimplência entre os sistemas de crédito do País.

O superintendente regional do Incra-MA falou que será providenciado aos assentados a emissão da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), que dá acesso ao crédito. “È importante que vocês invistam na sua produção e pensem na sua comercialização, para que possam com isso gerar renda para suas famílias. Isso faz desenvolver não só a comunidade, mas todo o município”, frisou o superintendente.

A chefe da divisão de desenvolvimento do Incra-MA, Verônica Fonseca, orientou as mulheres sobre o Crédito Apoio Mulher – que é uma modalidade do Crédito Instalação. “As normas para acessar o crédito estão sendo reformulado, trazendo condições mais favoráveis para o acesso e logo teremos informações para que vocês possam recebê-lo”, afirmou.

Fizeram parte da equipe técnica visitante o chefe e técnicos da Unidade Avançada do Incra de Barra do Corda-MA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *