Com grande festa coligação “Juntos por São Luís” homologa Washington Luiz como candidato a prefeito

“A nossa cidade não pode mais viver condenada a um atraso político que prejudica o nosso desenvolvimento. São Luís merece um governo decente, um governo limpo, comprometido com as transformações estruturais e com a felicidade das pessoas”. A afirmação do candidato petista à prefeitura de São Luís, Washington Luiz, empolgou a multidão que esteve presente na convenção dos 13 partidos políticos que irão compor a coligação “Juntos Por São Luís”, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (28), no Patrimônio Show (Praia Grande).
“Fazer uma ampla aliança não é fácil e não é simples. Exige coragem e compromisso com os mais legítimos anseios da população. Foi seguindo a determinação do Presidente Lula, da nossa Presidenta Dilma e sob a orientação do meu Partido, que enfrentei, junto com a Governadora Roseana Sarney e vários partidos aqui presentes, uma ampla aliança para governar o Maranhão. E agora é a vez de São Luís”, enfatizou Washington Luiz.
Em seu discurso, a governadora Roseana Sarney conclamou lideranças políticas, sindicatos, deputados, senadores e ministros que estiveram presentes na convenção para juntos fazerem uma campanha vitoriosa. “Conclamo todos aqui presentes a multiplicar os seus esforços, a força dessa militância guerreira para trabalhar, unidos, com garra para levar nosso candidato a prefeito Washington Luiz e o vice Afonso Manuel à vitória por São Luís”, enfatizou a Governadora.
“Chegou a hora de São Luís seguir os passos do desenvolvimento do Maranhão, elegendo um prefeito que esteja comprometido com o desenvolvimento da cidade, em uma aliança histórica do governo municipal, estadual e federal, unidos por uma São Luís mais humana e economicamente sustentável”, destacou Roseana.
Vice de Washington, o deputado estadual Afonso Manuel (PMDB), falou da satisfação de compor a chapa junto com o petista. “É um orgulho ser o vice de Washington, que é uma pessoa humilde e honesta. Vamos marchar juntos rumo à vitória que libertará nossa São Luís”, disse o deputado.
Presente à convenção, o presidente do PMDB, senador Valdir Raupp, destacou a aliança do partido com o PT para eleger Washington Luiz prefeito da capital maranhense. “Houve um alinhamento nacional para que todos caminhassem unidos, juntos por São Luís. Saio daqui com a convicção de que a chapa lançada hoje será vitoriosa porque tem o apoio do governo federal e estadual”, reforçou Raupp.
Além do PT, compõem a coligação “Todos por São Luís”: PMDB, PV, PSC, PTB, DEM, PTN, PRB, PSD, PSL, PSDC, PPL, PHS.
A convenção contou com a participação dos candidatos a vereador pelos partidos que compõem a coligação “Juntos Por São Luís”, que se revezaram no microfone falando com os seus correligionários e dando ainda maior brilho a festa.
Prestigiaram a convenção, os Ministros Gastão Vieira (Turismo) e Edison Lobão (Minas e Energia); os Senadores Edson Lobão Filho (PMDB) e Clovis Fecury(DEM); os deputados federais, Sarney Filho(PV), Cleber Verde(PRB), Paulo Marinho Junior(PMDB); o presidente da Assembléia Legislativa, Arnaldo Melo(PMDB); secretários de Estado, lideranças sindicais e partidárias; representantes de diversos movimentos sociais; empresários e membros de outros setores de São Luís.

Eleições/2012: PT aprova resolução que prevê punição a quem descumprir decisões do partido

O Diretório Municipal de PT, em São Luis, aprovou Resolução Política que prevê punição, podendo chegar até a expulsão, a quem desrespeitar as decisões partidárias quanto o processo eleitoral deste ano. A medida foi tomada durante reunião do diretório, realizada no sábado (23).

Pela resolução, ”o Diretório Municipal de São Luís aplicará no que couber, através de sua Executiva Municipal, todas as sanções e penalidades previstas no Estatuto em caso de descumprimento e desrespeito de suas deliberações, que sabidamente de todos prevê advertências, suspensão e até mesmo expulsão dos quadros do partido.”

A seguir a íntegra do texto:

RESOLUÇÃO POLÍTICA

O Partido dos Trabalhadores comemora este ano seus 32 anos, vivendo um momento muito rico em São Luís, que por sua vez comemora 400 anos. Atualmente, temos o Vice-Governador do Estado, 3 Deputados Estados Estaduais, 1 Deputado Federal, sem falar em nossos Vereadores e Vereadoras, Prefeitos, Vice-Prefeitos em todo o Estado do Maranhão.

Pela primeira vez em sua história, o PT disputará a prefeitura da capital com reais chances de vitória, pois o nosso candidato Washington Luiz, além do apoio inconteste da Direção Nacional do PT, do Ex-Presidente Lula, da Presidenta Dilma, conta ainda com os movimentos sociais, populares e sindicais e com o apoio de 14 partidos da base aliada da Governadora Roseana, com possibilidades de ampliar até a convenção oficial, assegurando desta forma, um amplo apoio político e tempo de televisão e rádio necessários para potencializar nossas intenções de votos.

Neste cenário, cabe ao Diretório Municipal assegurar as condições políticas para que sejamos os grandes vitoriosos nas eleições de 7 de outubro, contra João Castelo (PSDB), que é o nosso maior adversário em São Luís, no Maranhão e na disputa do Projeto Nacional. Diante deste quadro, em que a eleição de Washington Luiz para prefeito é uma prioridade nacional, estratégica para o crescimento do PT no Maranhão, alerta-se para o fiel cumprimento das disposições estatutárias quanto à fidelidade partidária, não havendo espaço para qualquer um de seus filiados e filiadas, lideranças, candidatos e candidatas à vereança, parlamentares em quaisquer esferas, flertar com candidaturas adversárias ao projeto petista de governar São Luís.

Desta forma, o Diretório Municipal de São Luís aplicará no que couber, através de sua Executiva Municipal, todas as sanções e penalidades previstas no Estatuto em caso de descumprimento e desrespeito de suas deliberações, que sabidamente de todos prevê advertências, suspensão e até mesmo expulsão dos quadros do partido.

Certos de que todos e todas estamos conscientes da importância deste momento histórico para o PT de São Luís, o Diretório Municipal de São Luís conclama toda sua militância para a grande batalha política de 7 de outubro, em que elegeremos nossos vereadores e vereadoras e o Prefeito Washington Luiz para escrevermos uma outra história para a nossa linda São Luís.

São Luís, 23 de Junho de 2012

Luís Fernando Araújo da Silva
Presidente do Diretório Municipal do PT de São Luís.

Coelho Neto/2012: oposição lota Teatro Municipal em convenção histórica no município

Convenção oposicionista oficializa nome de Américo Sousa (PT) prefeito de Coelho Neto

O grupo da oposição do município de Coelho Neto realizou, neste domingo (24), uma grande Convenção Municipal para homologar o nome de Américo de Sousa (PT) candidato a prefeito, além do candidato a vice-prefeito e candidatos a vereador. O evento político aconteceu no Teatro Municipal graças, diga-se de passagem, a um determinação da Justiça Eleitoral que obrigou a Prefeitura liberar o local.

O Teatro Municipal ficou pequeno para comportar tanta gente, o que acabou fazendo com que a parte de fora do prédio acabasse virando um segundo ato da convenção, reunindo milhares de populares juntando os dois ambientes (interno e externo).

A chapa de oposição foi confirmada com o petista Américo de Sousa na liderança e Dr. Fernando Couto (PRTB) candidato a vice-prefeito, além de candidatos(as) a vereadores(as) que disputarão em duas coligações proporcionais, cada uma como 26 candidatos

Nomes fortes da oposição no município estiveram presentes na Convenção apoiando e reforçando o projeto oposicionista local. Entre eles, o ex-prefeito Dr. Magno Bacelar, a ex-prefeita Márcia Bacelar, ex-deputado estadual e suplente de deputado federal Antônio Carlos Bacelar e ex-prefeito Antonio Cruz.

“Unidos por Coelho Neto” é o nome da Coligação oposicionista que irá disputar o comando do município e reunirá PT, PDT, PHS, PTB, PP, PV e PTRB.

Um dos pontos surpreenderes da convenção foi a articulação feita para que a esposa do empresário Magno Bacelar, Cristiane Bacelar, se apresentada como candidata a vereadora pelo PTB, o que agradou os convencionais.

Rio+20 termina com divulgação do documento

A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, termina nesta sexta-feira (22) com a divulgação do documento final, de 49 páginas, denominado O Futuro Que Queremos. O documento oficial, que ainda não foi divulgado, está dividido em seis capítulos e 283 itens. Os capítulos mais relevantes são os que tratam de financiamentos para metas e compromissos que devem ser cumpridos.
O saldo da conferência foi considerado positivo pelo chefe da delegação do Brasil na Rio+20, embaixador André Corrêa do Lago. “O principal é fazer com que o desenvolvimento sustentável se transforme em paradigma em todos seus aspectos – social, ambiental e econômico”, disse. Para autoridades brasileiras, é um avanço o compromisso de atrelar desenvolvimento sustentável à erradicação da pobreza em todo o mundo.
Organizações não governamentais (ONGs) promoveram vários protestos durante a conferência. Integrantes da Cúpula dos Povos, evento da sociedade civil paralelo à Rio+20, realizado no Aterro do Flamengo, entregaram o documento pela manhã ao secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, em que pedem, entre outros pontos, a ampliação de poderes do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma).

Incra-MA aprova relatório antropológico da comunidade de Charco

                                                                                               O Comitê de Decisão Regional da Superintendência do Incra no Maranhão aprovou na semana passada o Relatório Técnico de Identificação e Delimitação(RTID) referente à comunidade de remanescentes de quilombos, denominada Charco e situada na cidade de São Vicente de Ferrer.

Os estudos apresentados no relatório concluíram que as comunidades de Charco e Juçaral, atendem os requisitos para a titulação coletiva de uma área 1.347 hectares onde residem atualmente 137 famílias remanescentes de quilombos.

Na avaliação de José Inácio Rodrigues, Superintendente do Incra no Maranhão, a decisão tomada na semana passada representa a superação de uma etapa importante no processo de titulação desta comunidade. Agora a próxima etapa é a publicação da decisão no Diário Oficial da União e no Diário Oficial do Estado dando seguimento ao processo que deve atender todas as exigências delineadas na instrução normativa do Incra nº 587/2009.

Nesta área, o clima de tensão tem sido um rotina e houve em 2010 o assassinato do líder quilombola, Fláviano Neto que motivou diversos protestos dos moradores das comunidades articulados por entidades ligadas ao movimento de defesa dos quilombolas. Inácio Rodrigues lembra que além da comunidade de Charco, outras áreas remanescentes de quilombos estão com os processos de titulação em andamento e ressalta que a elaboração do Relatório Técnico de Identificação e Delimitação é um passo fundamental para acelerar o andamento destes processos inclusive com a contratação através da modalidade de pregão de empresas destinadas a elaborar este tipo de serviço.

Ele frisa que o caso de Charco por conta do conflito instalado na área, onde além da morte de um líder quilombola, há relatos de ameaças a outras lideranças, ilustra bem a complexidade da questão no Estado, mas o Incra tem feito a parte que é cabível ao órgão e prova disto é aprovação do RTID referente á área, o que representa um avanço crucial no processo de titulação da mesma, aguardado com ansiedade pelos quilombolas.