Regional recebe do TCE relação de gestores com contas desaprovadas

Entrega foi realizada no gabinete da presidência. Na foto, da esquerda para a direira, os desembargadores José Bernardo e Anildes Cruz, o conselheiro Edmar Cutrim e o procurador Marcílio Medeiros

A relação definitiva dos gestores públicos que tiveram suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas julgadas irregulares e/ou que receberam parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado pela desaprovação nos últimos 8 anos foi entregue na tarde desta terça-feira (12) pelo presidente do órgão, conselheiro Edmar Cutrim, aos desembargadores Anildes Cruz e José Bernardo (presidente e vice-presidente do TRE) e ao procurador regional eleitoral, Marcílio Medeiros.

Composta de 3 mil 215 processos, nela constam os nomes de cerca de 2 mil e 800 gestores. “Em cumprimento à missão constitucional legal desta Corte de Contas, é que vim até o Regional entregar esta lista. O trabalho de compilação de dados é difícil, demorado, mas o fizemos atentando para cumprir o prazo antecipadamente”, disse Cutrim durante o ato.

Ter as contas desaprovadas pelo TCE é uma das causas de inelegibilidade, explicou o procurador eleitoral. “Esta relação é uma das que embasa o pedido de impugnação pelo Ministério Público do registro de candidatura do candidato. O nosso prazo é de 5 dias para impugnar após a publicação do edital”, ratificou.

Número – em 2008 eram cerca de 1 mil e 200 gestores que estavam nesta situação. Em 2012, este número cresceu mais de 100%. Segundo o presidente do TCE, o órgão gostaria que não tivesse nenhum nome, mas ele acredita que devido à Lei estar mais rigorosa, este quadro vai mudar nos anos seguintes.

Para visualizar a lista completa, clique AQUI.

Washington Luiz tranquilo e trabalhando bem a sua pré-candidatura

Embora o noticiário dos últimos dias tenha sido tomado pela gincana política do consórcio oposicionista (PCdob,PSB,PTC,PPS e PTC), deve-se registrar que a pré-candidatura do petista Washington Luiz caminha firme para se consolidar como o principal nome da oposição ao projeto de reeleição do prefeito Castelo (PSDB).

Isso porque a população não cairá na armadilha dos estrategistas do prefeito, tendo o “general” José Reinaldo a frente, de pôr o folclórico “bigode” nos candidatos de oposição. Isso é pura bobagem.

O povo sabe que um candidato a segundo mandato de prefeito tem é que mostrar o que fez no primeiro. Parece ser justamente isso que os castelistas temem, pois na falta do que mostrar efetivamente grandes obras e serviços na gestão tucana, tentaram politizar a eleição a partir do velho bordão “sarneístas x antissarneístas”.

Mas, ao contrário, o tom da eleição deve ser de caráter administrativo, sobre o que Castelo fez de bom e de ruim também. É isso que o povo vai avaliar, além, claro, sobre o que os candidatos de oposição têm a apresentar de diferente durante a campanha.

Nesse sentido, é mais do que verossímil que o candidato do PT, Washington Luiz, cresça na campanha a partir de vários aspectos políticos, administrativos e eleitorais. Sem falar na legitimidade que possui, mais de qualquer outro, de colar sua imagem no ex-presidente Lula, na presidenta Dilma, nos programas do Governo Federal e na relação institucional certa e segura que terá com o Palácio dos Lões, caso eleja-se prefeito de São Luis.

E assim tem seguido Washington Luiz até aqui: tranquilo e trabalhando bem a sua pré-candidatura.

Leia também: Os trunfos de Washington Luz (por Marco D’Eça).

Giro da Notícia

fonte: blog bequimão agora

PT lança pré-candidatos

O PT definiu seus pré-candidatos para a eleição proporcional. Serão lançados, pelo menos, 15 candidatos a vereador, entre eles Biné, João Braga, Gilson, Manoel Belo, Lobo, Emerson e Aguinaldo.

PDT fortalecido

O PDT deve apresentar entre seus pré-candidatos a vereador Danilo, Dicinho e o pastor Assis, todos ex-auxiliares do prefeito Antonio Diniz, que se afastaram para concorrer a uma vaga na Câmara. Também devem ser candidatos os neopedetistas Aguinaldo, Mizinho e Adelminha. Os vereadores Doutor e Filuca, além de Preta, mulher do vereador Barbosa disputarão a eleição proporcional.

Convenção

Os partidos que defendem intransigentemente a candidatura a reeleição do prefeito Antonio Diniz, PDT, PSB e PSDB, devem realizar suas convenções partidárias no dia 24 de junho, dia de São João. A fogueira vai esquentar.

PPS na disputa

O PPS poderá ter até seis pré-candidatos disputando vaga na Câmara. Destaque para o ex-vereador Jocimar Castro, a universitária Milla Tamires, filha do vereador Fredson, e Domingos Boais.

Com a brocha na mão

O engenheiro Vadoca sonhava e dava como certo de que seria o candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo filho de Juca Martins. Foi estimulado pelo cacique e depois que estava com toda a empolgação viu sua escada ser retirada pelo ex-prefeito que preferiu manter Pedro do Acará. Resultado: ficou só com a brocha na mão. Não foi por falta de aviso.

Bequimão/2012: César Cantanhede lidera disputa para prefeito

César Cantanhede lidera disputa em Bequimão

Aproxima-se o prazo para as convenções partidárias e o quadro político-eleitoral começa a se definir mais claramente no município de Bequimão, na Baixada Maranhense.

Três candidatos disputam acirradamente a eleição municipal: o atual prefeito Antônio Diniz (PDT), César Cantanhede (PTC) e  Zé Martins (PMDB),

Recente pesquisa realizada na cidade, devidamente registrada no TRE-MA sob nº 030/2012, de 05/06/2012, revelou considerável favoritismo do pré-candidato do PTC, César Cantanhede, em diversos cenários.

A pesquisa, que contemplou aspectos qualitativos e quantitativos, destacou quatro fatores diferentes: confronto candidatos x candidatos; aprovação governo municipal; intenção de votos candidatos e rejeição candidatos.

César Cantanhede, por exemplo, cresceu 10% em relação à ultima pesquisa e ficou a frente dos concorrentes chegando a pontuar 45.5% da intenção de voto do eleitorado quando confrontado com Zé Martins, que nesse cenário fica 39.4% .

No confronto direto com  o atual prefeito Antônio Diniz, o pré-candidato petecista pontua 40.4% contra 39.6% de pedetista.

No confronto do Prefeito Antonio Diniz com Zé Martins o candidato do PDT perde para o candidato do do PMDB, onde o Diniz aparece com 41.4%  e Zé Martins com 43.2%.

REJEIÇÃO

No quesito rejeição popular, César Cantanhede também aparece melhor colocado em relação aos outros pré-candidatos com apenas 12.9% de rejeição. Logo em seguida vem Zé Martins com 33.8% e, encabeçando o índice de rejeição entre o eleitorado, aparece o prefeito Antônio Diniz com 36.6%.

Os números são favoráveis ao pré-candidato César Cantanhede, que neste final de semana participa de reuniões decisivas para a definição do candidato do grupo.

Vereador Fredson apóia decisão do PPS em indicar pré-candidato a vice

Presidente do PPS Elanderson e o Vereador Fredson

O vereador Fredson (PDT) elogiou a decisão tomada pelo partido em apresentar Elanderson como pré-candidato a vice-prefeito. “Entendo que este é um pleito legítimo não só do PPS, mas de toda esta região. Como bem foi colocado por alguns companheiros do PPS nossa região é o segundo maior colégio eleitoral do município e tem todas as condições para participar de uma chapa majoritária”, disse.

Fredson, que acompanhou a reunião realizada pelo PPS, no sábado passado, 2, destacou o perfil de Elanderson e avaliou que este pode despertar o sentimento da região, que pela primeira vez pode ter um representante como candidato a vice. “Ele apresenta todas as credenciais para agregar na disputa pela prefeitura do município. É preparado, formado em Administração pela Uema, jovem, preside um partido que tem como característica a prática da transparência e decência na política e certamente vai empolgar toda esta região por ser um nome indicado por lideranças de povoados”, analisou.

O vereador do PDT antecipou seu posicionamento político na reunião do PPS. “Minha decisão será a decisão do PPS. Respeitarei o meu partido que tem candidato a prefeito, mas faço política com os olhos voltados principalmente para os povoados e vejo que esta é uma decisão acertada do PPS”, disse.

fonte:Blog PPS Bequimão