Deputado Zé Inácio faz indicação para implantação da UEMA Baixada

Foto: Agência Assembleia

Foto: Agência Assembleia

O deputado Zé Inácio utilizou a tribuna na segunda-feira (22) para apresentar a indicação que será encaminhada ao Governador Flávio Dino, e que solicita a adoção de estudos com vistas à criação da Universidade Estadual da Região da Baixada Maranhense – UEMA Baixada, com sede na cidade de Pinheiro.

Durante a fala, Zé Inácio abordou que são necessárias ações que venham a desenvolver mais o Estado do Maranhão, por meio da inclusão social. “Eu aproveito este momento para destacar que, fruto de alguns debates que nós já fazemos há meses, e ouvindo a comunidade acadêmica, nós apresentamos hoje a Indicação para a criação da UEMA Baixada”, disse.

A indicação tem o objetivo de beneficiar uma população de quase um milhão de habitantes da região da Baixada, em 19 municípios, além de abranger parte do território Campos e Lagos. “Esta é uma ação que vai beneficiar também grande parte dos municípios da região do alto Turi/Gurupi, e hoje nós queremos compartilhar esse sonho, que com certeza será aprovado por todos os parlamentares”, enfatizou.

O deputado também tratou sobre a importância da criação da UEMA Baixada. “Esperamos que assim como o Governador teve empenho em criar a UEMASUL, também se empenhe em criar a UEMA Baixada, para que aquela região, que também é uma das regiões mais promissoras do Estado, possa contar com o instrumento da educação universitária, proporcionando o desenvolvimento não só educacional, mas como social, tecnológico e econômico da região da Baixada”, falou.

Zé Inácio finalizou abordando os benefícios que serão proporcionados com a implantação da UEMA Baixada. “Portanto o Poder Público Estadual, com essa iniciativa, beneficiará milhares de jovens da Baixada Maranhense e toda a região, dando oportunidade de ensino aos estudantes de 25 municípios do interior do estado, levando o desenvolvimento e garantindo o avanço educacional com autonomia administrativa, orçamentária, disciplinar e pedagógica”, afirmou.

Zé Inácio acompanha o governador Flavio Dino em visita a Imperatriz

01141_inauguracao_uema_sul_foto_rafael_arrais_1_5992259171082084287O deputado Zé Inácio esteve neste sábado (20) em Imperatriz, ao lado do governador Flavio Dino, para acompanhar a entrega da etapa principal das obras de reforma e ampliação do campus da Universidade Estadual da Região Tocantina (Uema Sul), além da assinatura da ordem de serviço para a construção de novo campus para os universitários imperatrizenses, que será localizado no Parque de Exposições da cidade.

As obras, que tiveram investimentos de R$ 3,1 milhões, incluíram reforma de 32 salas de aula, cinco laboratórios, salas do setor administrativo e da sede do Diretório Central dos Estudantes. O recurso foi aplicado também na construção de novas estruturas como a área de vivência com cantina e espaço para reprografia, além de um novo laboratório de informática. A reforma contou ainda com reparos na parte elétrica, hidráulica, telhado, piso, fachada e guarita e jardins.

“Esse é um grande momento não só para a educação em Imperatriz, mas para as cidades vizinhas, que também estão sendo beneficiadas pela Uema Sul. Quero parabenizar o Governador Flavio Dino pelo seu empenho em melhorar a educação do Maranhão. ”, disse Zé Inácio.

WhatsApp Image 2017-05-20 at 19.25.24Durante sua passagem pela cidade o governador anunciou mais uma etapa do programa Mais Asfalto, que garantirá a recuperação de mais 20 km de vias urbanas. O investimento total é da ordem de R$ 6 milhões para essa nova fase. Também foram feitas vistorias na obra da Beira-Rio, orçada em R$ 3,1 milhões, as obras da primeira etapa estão em fase final.

Zé Inácio participa de audiência sobre o fechamento de guseiras em Açailândia

DSC_0041 (Medium)O deputado Zé Inácio participou nesta sexta-feira (19) de uma audiência pública promovida pela Comissão de Assuntos Econômicos, com o intuito de tratar sobre o “Impacto regional do fechamento das guseiras no município de Açailândia”. O evento aconteceu na Câmara Municipal de Açailândia.

A audiência e foi solicitada pelo deputado estadual Sergio Vieira (PEN).

A Ferro Gusa do Maranhão (Fergumar), em Açailândia, já paralisou parte de suas atividades. O impacto do encerramento das operações das indústrias deve atingir cerca de 15 mil pessoas, entre funcionários diretos e familiares, e empregados de empresas que atuam como fornecedoras de produtos e serviços ao setor, especialmente as instaladas em Açailândia.

Zé Inácio destaca ações do governo do estado em Santa Luzia

sessãoplenária05O deputado Zé Inácio subiu a tribuna da assembleia nesta quarta-feira (17) para dar destaque a visita do governador Flavio Dino ao município de Santa Luzia, na última sexta-feira (12), acompanhado da prefeita França.

Durante a visita o governador anunciou uma série de ações na cidade que vão melhorar a qualidade de vida da população. Na ocasião, ele vistoriou as obras de revitalização da Praça da Matriz, acompanhou o início das intervenções do ‘Mais Asfalto’ nas ruas da cidade, entregou 11 títulos de terras para produtores familiares e anunciou a aquisição e reforma do Hospital Municipal.

WhatsApp Image 2017-05-18 at 11.27.08O governador se comprometeu com a aquisição e reforma do hospital, que hoje funciona em um prédio alugado e custa ao município mais de R$ 30 mil. O deputado Zé Inácio já havia encaminhado ao Governador e ao Secretário de Saúde, Carlos Lula, uma indicação solicitando a desapropriação do prédio, permitindo assim que esse dinheiro pago pelo município possa ser investido na saúde e em outras áreas que beneficiarão a população de Santa Luzia.

Além dessas ações também foi anunciada a implementação do Núcleo de Educação Integral e do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) no município.

Zé Inácio solicita criação de vara especializada em conflitos agrários

18556279_1293843470735006_7606487290053057154_nO deputado Zé Inácio solicitou ao presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), Ângelo Santo, apoio para o seu projeto de criação da primeira Vara Agrária do Maranhão, que deverá ser implementada em São Luís.

O objetivo da criação da vara, segundo Zé Inácio, é que esta sirva para processar e julgar os conflitos coletivos pela posse e/ou propriedade de terras no campo do Maranhão.

O projeto de criação da vara surgiu após uma Audiência Pública realizada em 2015, e promovida pela Comissão dos Direitos Humanos e Minorias, que na época era presidida pelo deputado Zé Inácio, em razão de intensos conflitos que vinham acontecendo naquele ano, chegando a ter como consequência a morte de uma liderança indígena Kaapor.

Na ocasião a reunião contou com a presença de representantes do Programa Terra Legal no Maranhão, do instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), da Defensoria Pública do Estado, Câmara Municipal de São Luís, Secretaria de Estado de Segurança Pública, Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Tribunal de Justiça, Comissão de Direitos Humanos da OAB-MA, Policia Militar e Comissão Pastoral da Terra.

Um dos encaminhamentos da audiência foi o compromisso do deputado Zé Inácio em fazer uma indicação solicitando a criação da vara, que inclusive, já foi aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado e agora aguarda um parecer do Tribunal de Justiça para que seja dado andamento no processo.

O deputado vem batalhando pela concretização do projeto que julga ser de extrema importância. “A situação de conflito e violência no campo em nosso Estado deve ser enfrentada pelo Poder Público de forma mais eficiente, pois a tensão social se agrava a cada dia, envolvendo casos de ameaças a grupos vulneráveis da sociedade. Como é o caso dos índios Gamelas, que recentemente foram vítimas de um ataque bárbaro. ”, disse.

Segundo Inácio a vara agrária dará as condições de enfrentamento desta dura realidade, permitindo que os processos judiciais envolvendo grupos conflitantes na disputa pela posse da terra possam ser enfrentados de forma eficaz e os povos envolvidos possa se sentir amparados pelo estado.

“Eu espero que esse projeto seja aprovado, para que a instituição da Vara Agrária na Estrutura do Tribunal de justiça atue de forma eficaz no combate desses conflitos. ”, afirmou.